Beatriz estreia e Evaldo disputa repescagem nesta quinta-feira

Visão da raia de Linz-Ottensheim, durante treinamento do Mundial S23 (Foto: ©Detlev Seyb/MyRowingPhoto.com)

Visão da raia de Linz-Ottensheim, durante treinamento do Mundial Sub-23
(Foto: ©Detlev Seyb/MyRowingPhoto.com)

O gaúcho Evaldo Mathias Becker estreou com um sexto lugar no Campeonato Mundial de Remo Sub-23, nesta quarta-feira, em Linz-Ottensheim, na Áustria. O remador do Grêmio Náutico União, de Porto Alegre, completou a primeira bateria do Single Skiff Peso Leve masculino em 7m32s30, meio segundo atrás do mexicano Juan Estrada, mas quase 12s após o italiano Federico Gherzi, que conquistou a quarta vaga direta para as quartas de final com 7m20s58. O melhor tempo foi do americano Andrew Campbell (7m10s48), o mais rápido em todas as baterias.

Evaldo, de 21 anos, disputa uma das duas vagas para as quartas na segunda repescagem desta quinta-feira, às 17h31 (12h31 de Brasília), contra o canadense Matthew Christie, que fez o tempo de 7m24s75 em sua bateria, o dinamarquês Christian Michaelsen (7m32s41) e o azerbaijani Farid Saadov (7m50s16).

Também nesta quinta-feira, a carioca Beatriz Tavares Cardoso, de 18 anos, faz sua estreia no Single Skiff Aberto feminino, às 12h16 (7h16), contra a austríaca Lisa Farthofer, a belga Marine Lewuillon e a eslovena Anja Sesum. As duas primeiras se classificam direto para as semifinais A/B. Campeã Sul-Americana em abril no Double Skiff Júnior femininoico-camera3, com Vitória Blanes, a remadora do Flamengo foi prata no Single Skiff na competição continental, e deverá disputar a mesma prova no Mundial de Junioresem agosto, na Lituânia.

Ao todo, 811 remadores de 52 países disputam as 21 provas do Mundial Sub-23. Líderes do quadro de medalhas em 2012, à frente de Itália e Estados Unidos, os alemães têm a maior delegação este ano, com 69 atletas, quatro a mais que os americanos, atuais campeões no Oito Com masculino e feminino.

Disputada pela primeira vez em 1976, na França, a competição entre atletas de até 23 anos ganhou status de Campeonato Mundial em 2005. O melhor resultado de um brasileiro desde então foi a prata do amazonense Ailson Eráclito, em 2009, no Single Skiff Peso Leve, prova em que ganhou o bronze no ano seguinte. Ausente em 2011, o Brasil participou com três barcos no ano passado: Quatro Com Peso Leve (8º lugar), Double Skiff (14º) e Dois Sem (17º).

Veja todos os resultados do primeiro dia de provas

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Internacional e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s