Botafogo fica perto de mais um título Brasileiro

Ailson, Fabio, Emanuel e Diego: ouro no 4xMS (Foto: CBR/Divulgação)

Ailson, Fabio, Emanuel e Diego: ouro no 4xMS
(Foto: CBR/Divulgação)

O Botafogo está a quatro vitórias de mais um título nacional de remo. O alvinegro abriu enorme vantagem no primeiro dia de finais do Campeonato Brasileiro Júnior e Sênior em barcos longos, este sábado na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro. Foram sete ouros em dez provas disputadas, quatro a mais que o Vasco, sendo apenas um em guarnição mista, com o Saldanha da Gama no Oito Com Masculino Júniorico-camera3.

Dono do melhor resultado do país no ano – o bronze inédito no Mundial Júnior em agosto –, o alvinegro Lucas Verthein foi ao topo do pódio nas três provas masculinas da categoria: Double Skiff Júniorico-camera3, Four Skiffico-camera3 e Oito Com, em todas acompanhado de Daniel Afonso  Kelly. Uncas Tales – 8º no Mundial Sub-23 – e Ailson Eráclito também ganharam as duas provas que disputaram: juntos no Double Skiff Peso-Leveico-camera3; com Uncas vencendo o Double Skiff Sub-23ico-camera3, ao lado de Felipe Xavier, e Ailson na guarnição do Four Skiff Sêniorico-camera3.

O único ouro das meninas do Botafogo – que garantiram ao clube o título de 2014, em São Paulo – foi no Double Skiff Júniorico-camera3, com Maria Ordas e Isabella Ibéas. As outras três provas femininas foram vencidas pelo Vasco, com Fabiana Beltrame, presente em todas: Four Skiffico-camera3, Double Skiffico-camera3 e Double Skiff Peso-Leveico-camera3, as duas últimas ao lado da argentina Sofia Ibarguren – superando no PL a dupla Fernanda Nunes (Flamengo)/Vanessa Cozzi (Pinheiro), representante do Brasil na prova nos Jogos Olímpicos.

Fernanda ganhou duas das quatro pratas do Flamengo – uma a mais que o Pinheiros. Campeão em 2015, em Brasília, quando os clubes do Rio não participaram, o Grêmio Náutico União (GNU), de Porto Alegre, foi ao pódio em apenas duas das sete provas que disputou (duas em barcos mistos), com a prata de Alef Fontoura e Anderson Della Vechia, no Double Skiff Masculino Sub-23, e o bronze de Luana Fagundes e Barbara Deuschle, no Double Skiff Feminino Peso-Leve.

O Vitória (BA) também ganhou uma prata e teve um bronze a mais que os unionistas, sendo todas as medalhas baianas em guarnições mistas. Além do ouro com o Botafogo, o Saldanha da Gama (ES) ganhou três bronzes, um deles com o Vitória. O gaúcho GPA, o capixaba Álvares Cabral, os catarinenses América e Martinelli e o pernambucano Sport ganharam um bronze cada, apenas o último em barco misto (também com o Vitória).

O campeonato termina este domingo, com dez finais a partir das 9h. O título da competição será do clube com maior número de ouros, incluindo a participação em barcos mistos, cujo resultado é computado para todos os participantes da guarnição.

Novamente o Botafogo é o único presente em nove provas e só não disputa o Double Skiff Masculino Sênior. Para ser campeão, o Vasco precisa vencer as oito provas que disputa, apenas uma com Fabiana Beltrame: o Oito Com Feminino Sênior, que pode ser a última participação da campeã Mundial em 2011 em competições nacionais.

Resultados de sábado (29/10)
Lista de partida domingo (30/10)

Leia também:
Botafogo é Campeão Brasileiro de Barcos Curtos em SP
União ganha quase metade das provas no Brasileiro Feminino garante bicampeonato Brasileiro ao Botafogo 

 

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Nacional e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s