Fabiana Beltrame ganha título Mundial inédito para o Brasil

Fabiana e Alice: ouro inédito no Mundial (Foto: FISA)

Fabiana e Alice: ouro inédito no Mundial
(Foto: FISA)

Fabiana Beltrame ganhou o primeiro título do Brasil na história do Campeonato Mundial de Remo, em Bled, na Eslovênia, dia 2 de setembro de 2011. Aproveitando ao máximo a alta temperatura e a condição ligeiramente ondulada da raia, Fabiana dominou a Final A do Single Skiff Peso-Leve Feminino do início ao fim, vencendo em 7m44s58. Ela não fora a mais rápida nas semifinais, mas sabia exatamente o que queria.  “Larguei muito agressivamente nos primeiros 1.000 metros. Decidi esta manhã que eu queria ser a primeira brasileira Campeão do Mundo, e consegui!”, comemorou.

Mas, quem é Fabiana Beltrame? Aos 29 anos, mãe de Alice, ela começou a remar aos 15, em Florianópolis, sua cidade natal. Chegou à cena internacional em 2002 (no Mundial Sub-23), e desde então disputou duas Olimpíadas no Single Skiff aberto (em 2004 e 2008). Agora, tem suas metas estabelecidas de olho nos Jogos Olímpicos de 2016, no Brasil.

Na Final no Lago Bled, Fabiana saiu na frente e na metade da prova já tinha aberto grande vantagem. Mesmo com a liderança, ela continuou a se distanciar, parecendo absolutamente “imparável”. Que modo de vencer! A suíça Pamela Weisshaupt foi a única a tentar desafiá-la. Ex-Campeã Mundial, ela remou ao máximo, mas a diferença era muito grande e Weisshaupt adicionou uma prata à sua coleção (em 7m48s24).

“Fiquei surpresa pela vantagem. Meu resultado na semifinal não foi tão especial que eu esperasse isso. Minha filha, que está aqui também, fez 2 anos ontem, este é meu presente de aniversário para ela. Eu treino no Rio e espero conseguir competir nos Jogos Olímpico lá no Double Skiff. Em Atenas e Pequim eu competi no Single Skiff aberto para aprender, e hoje tudo isso compensou”, afirmou a brasileira.

A alemã Lena Muller ficou com o bronze (7m50s44), à frente da americana Úrsula Grobler (7h53s72) – que superara Fabiana na semifinal –, da britânica Katherine (7m54s00), a mais rápida na véspera, e da canadense Tracy Cameron (7m54s08). “Fiz o meu melhor. Mas foi muito difícil porque Fabiana é muito forte. Há três dias tive alguns problemas estomacais. Este segundo lugar é o melhor que poderia conseguir”, afirmou a Weisshaupt.

(este texto foi escrito em setembro de 2015 a partir da notícia publicada no site da FISA em 3 de setembro de 2011: Brazil makes history and Slovenia shows its love)

 

Leia também:
Fabiana deixa Peso-Leve após Mundial sem pódio do Brasil Todas as participações do Brasil em Campeonatos Mundiais

 

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Internacional e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s