Fim de papo

Diploma do COB pela participação na Rio 2016

Após sete anos acompanhando o remo carioca e brasileiro, não estivemos na 1ª Regata do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro 2017, este domingo. Por motivos diversos, desde janeiro o blog não é atualizado e a escassez de atividade no Facebook e no Twitter revela a dificuldade que temos tido para manter o ritmo anterior. É melhor parar do que frustrar expectativas que não conseguimos mais atender.

Desde nossa estreia, com uma chegada sensacional no Double Skiff Masculino na abertura do Estadual de 2010, publicamos 485 vídeos no You Tube – que registram mais de 126 mil visualizações –, com finais de provas em praticamente todas as regatas na Lagoa Rodrigo de Freitas, incluindo os campeonatos Brasileiros de 20102011, 2013 (Sênior e Júnior), 2015 (Barcos Curtos) e 2016 (Barcos Longos), Seletivas Nacionais em 2013 e 2015, Sul-Americano de 2013 e Jogos Olímpicos em 2016.

Para compartilhá-los, criamos o perfil “Remo em Voga” no Facebook – que ano passado nos obrigou a mudar o nome apesar de termos o reconhecimento de mais de 4.900 amigos de várias partes do país e do mundo. Ainda em 2010, abrimos também a página Remo em Voga, inicialmente apenas para os vídeos publicados no You Tube, posteriormente também para os posts do blog, e que recebeu mais de 3.100 curtidas.

Ao mesmo tempo, criamos uma conta no Twitter, para acompanhar o resultado das provas na Lagoa em tempo “quase real”. Um esforço que resultou em mais de 1.300 tweets, incluindo links, vídeos e fotos, compartilhados entre mais de 400 seguidores, muitas vezes acompanhando à distância as provas no Rio.

Tudo isso levou à criação deste blog, em 2011, com o objetivo inicial de divulgar o Campeonato Estadual de Remo do Rio de Janeiro. A lacuna de informações sobre a modalidade no país nos levou a ampliar o escopo da cobertura, incluindo competições internacionais onde Fabiana Beltrame passava a escrever continuamente seu nome na história do esporte.

O ouro inédito em uma etapa da Copa do Mundo – a que se seguiriam outros dois em 2013 e 2015 –, foi precursor do único título Mundial do remo brasileiro, também de Fabiana, sempre na prova não Olímpica do Single Skiff Peso-Leve Feminino.

As vitórias da catarinense inspiraram a nova geração, que levou o Brasil de volta às finais de Mundiais Júnior em 2013, com o quinto lugar de Beatriz Cardoso – repetindo a posição de Ricardo Carvalho e Carlos Hime em 1979 -, e em 2016, com Lucas Verthein conquistando o primeiro bronze do país na competição.

A expectativa de bons resultados aumentou a demanda por informações sobre o remo nacional, que procuramos acompanhar cada vez mais de perto. De 20 publicações no blog em 2012, passamos a 99 no ano seguinte e chegamos ao recorde de 115 em 2014. Ao todo, foram quase 190 mil visualizações, em mais de 89 mil visitas de usuários ao longo dos últimos seis anos.

Além de notícias, criamos páginas com informações sobre os tipos de barcos e buscamos resgatar a memória do remo nacional nas principais competições internacionais, como o Campeonato Mundial Sênior, Júnior e Sub-23,  e os Jogos Pan-Americanos, Olímpicos e Paralímpicos.

Esse esforço foi reconhecido pela comunidade remadora em todos os nossos canais, com comentários, críticas e correções que serviram de estímulo para mantermos a voga alta. Do começo despretensioso passamos à ambição de cobrir os Jogos Olímpicos Rio 2016. Sua realização mostrou ser possível um veículo alternativo e sem patrocínio ser credenciado para cobrir o maior evento esportivo do planeta.

Nada disso existiria sem a dedicação dos atletas em todas as competições que acompanhamos, na Lagoa e à distância.  Agradecemos a todos, em especial a Fabiana Beltrame, que nos fez levantar de madrugada várias vezes para acompanhar suas vitórias e medalhas ao redor do Mundo, dando-nos motivos de orgulho e alegria para trabalhar.

Devemos muito também aos técnicos Marcos Amorim, Paulinho, Júlio Soares e Marcello Varriale, pacientes com nossas dúvidas e prontos a nos ajudar, e em particular ao multicampeão Ronaldo Carvalho, pelos comentários e a colaboração decisiva no resgate da memória do remo nacional.

Somos gratos ainda aos presidentes da Federação de Remo do Rio de Janeiro, Paulo Carvalho, e da Confederação Brasileira de Remo, Edson Altino, sempre atenciosos e apoiadores, e aos dirigentes de todos os clubes de remo do Rio, responsáveis pela competição sadia que mantém viva a tradição centenária do esporte.

Mas uma hora o fôlego acaba. E esse momento chegou para nós, com a sensação de termos cumprido a missão de divulgar o remo e o surgimento da geração Rio 2016.

Obrigado a todos que leram, curtiram e compartilharam nossos textos e fotos – presentes também no Instagram desde 2015, com mais de 2.400 seguidores –, que permanecerão disponíveis em todas as plataformas, como legado desses sete anos de convivência com uma comunidade que se recusa a deixar o barco virar.

Aprendemos muito com vocês, e procuramos retribuir da melhor forma possível. Diante da dificuldade em manter o mesmo nível de dedicação dos atletas, preferimos a dolorosa decisão de parar, com a esperança de ver o remo brasileiro conquistar resultados ainda mais expressivos do que os que testemunhamos. E, quem sabe, que nos forcem a voltar em “edição extraordinária” para dar novas boas notícias.

Abraços

Fernando e Vicente

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Internacional, Remo Nacional. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Fim de papo

  1. Gutão disse:

    É com muita tristeza que recebo essa notícia….. esse era um dos poucos veículos ou o único que tínhamos confiança de acompanhar nosso esporte…. uma pena!!

  2. Roque Ricardo Zimmermann disse:

    Uma pena. Pois realmente quem gosta de remo sempre adora acompanhar as informações da modalidade, independente de qual estado vem estas notícia.
    Era muito divertido estar informado de todas postagens do remo nacional e também do campeonato carioca, onde se encontra muitos remadores de qualidade.
    Fico na torcida para que o site esteja apenas passando por um tempo fora do ar e que volte o mais rápido possível para continuar nos abastecendo de boas informações.
    Obrigado e Parabéns por todas as noticias apresentadas.
    Grande abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s