Título invicto coroa tetracampeonato inédito do Botafogo

Alvinegros comemoram tetracampeonato inédito (Foto: Remo em Voga)

Alvinegros comemoram tetracampeonato inédito
(Foto: Remo em Voga)

Não bastava ser campeão, tinha de ser invicto. Com vitória em sete das 13 provas disputadas na Lagoa Rodrigo de Freitas este domingo, o Botafogo conquistou o Campeonato Estadual de Remo do Rio de Janeiro pelo quarto ano consecutivo, o primeiro com vitória em todas as etapas da competição. O alvinegro somou 577 pontos na temporada, contra 431 do Vasco e 227 do Flamengo, chegando a seu oitavo título desde 1899 – o único clube campeão em três séculos.

O inédito tetracampeonato alvinegro foi garantido na quarta prova, com a terceira vitória em categorias FISA, que têm pontuação dobrada: Double Skiff Júnior A Femininoico-camera3, Four Skiff Sub-23ico-camera3 e Single Skiff Peso-Leveico-camera3, ambas no Masculino. O alvinegro chegava a 487 pontos e não podia mais ser alcançado pelo Vasco, vencedor no Single Skiff Infantil Femininoico-camera3 (que não conta pontos para o campeonato).

Mas a regata permaneceu aberta, com as vitórias do Vasco no Double Skiff Júnior Bico-camera3, na Yolete 4x Infantil e no Double Skiff Sub-23 Femininoico-camera3 – a única até então com pontuação dobrada. O Botafogo também somou 10 pontos no Double Skiff Aspiranteico-camera3, e sacramentou o título da regata ao vencer mais duas provas FISA: Single Skiff Peso-Leve Sub-23ico-camera3, com Uncas Tales (8º no último Mundial da categoria), e Double Skiff Júnior Aico-camera3, com Lucas Verthein (bronze no Mundial Júnior) e Leandro Tíndaro.

O Vasco ainda foi ao topo do pódio pela quinta vez, com Fabiana Beltrame em sua despedida no Single Skiff Peso-Leve Femininoico-camera3, a prova não olímpica na qual conquistou o único título mundial do remo brasileiro, em 2011. Foi a última competição oficial da catarinense, de 34 anos, homenageada pela Federação com uma taça – entregue também a Fernanda Nunes e Michel Pessanha, representantes do Brasil nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, respectivamente.

Mas a festa era do Botafogo e o fecho de ouro veio com a vitória no Oito Com Masculinoico-camera3, com dois barcos alvinegros contra um do Vasco. Ausente também em outras quatro provas, o Flamengo – maior vencedor da competição, com 47 títulos, um a mais que o Vasco – venceu apenas uma (Oito Com Másterico-camera3, a única não disputada pelo cruz-maltino) e terminou a regata e o campeonato em terceiro.

A trajetória do título de 2016:
Vitória na 3ª Regata deixa Botafogo muito perto do tetra Botafogo conquista 2ª Regata e amplia vantagem Botafogo conquista 1ª Regata na última prova

O caminho do tetracampeonato:
Botafogo ganha Regata e conquista tri histórico no Rio Vitória do Fla na festa de mais um bicampeonato alvinegro Botafogo encerra jejum com título histórico na Lagoa 20/10/2013

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Estadual e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s