Martinelli, Náutico e Saldanha são campeões estaduais

Martinelli venceu a 3ª Etapa e a Copa Catarinense (Foto:  Jean A. Lima/Francisco Martinelli)

Martinelli venceu a 3ª Etapa e a Copa Catarinense
(Foto: Jean A. Lima/Francisco Martinelli)

Santa Catarina, Pernambuco e Espírito Santo já têm seus campeões de remo em 2013. Em um domingo de regatas pelo país, o Francisco Martinelli conquistou a Copa Catarinense, em Blumenau; o Naútico garantiu o título pernambucano por antecipação, em Recife; e o Saldanha da Gama ratificou o heptacampeonato capixaba, em Vitória. No Pará, o Clube do Remo está com a mão na taça, enquanto na Bahia o Vitória ampliou a vantagem.

Nas águas do rio Itajaí-Açu, em Blumenau, o Francisco Martinelli confirmou o favoritismo e venceu a 3ª Etapa da Catarinense de Remo. Com quatro vitórias na última regata, o rubro-negro de Florianópolis chegou a 15 na temporada, garantindo o título geral. Aldo Luz e América de Blumenau ganharam três provas na regata e chegaram a nove cada um, com o clube da capital assegurando o vice-campeonato por ter mais 2º lugares (9 contra 2).

Em Recife, a chuva e o vento forte que interromperam a 5ª Regata do Campeonato Pernambucano de Remo, domingo (1/9), no Marco Zero, não impediram o Náutico de conquistar o título por antecipação. As duas vitórias antes do adiamento de três provas para quinta-feira, dia 5, garantiram ao Timbu 189 pontos no campeonato, não podendo mais ser alcançado pela estreante Liga Pernambucana de Remo e Canoagem, que lidera a 5ª Regata, com três vitórias (contra duas do Náutico e uma do Sport), e assumiu a segunda posição no campeonato, com 91 pontos. A última etapa será dia 1 de dezembro.

Também faltando uma regata para o fim do campeonato, o Remo já comemora o quarto título paraense consecutivo. A vitória na 4ª Regata, domingo (1/9), em Belém, deu ao Azulino uma vantagem de 25 pontos sobre o Paysandu, e mesmo que o Papão ganhe todas as provas da última etapa, em novembro, basta aos remistas ficarem em segundo para garantir o título. Assim como na 3ª Regata, quando venceu nove das 11 provas, o Remo conseguiu oito vitórias no domingo, contra três do Paysandu, somando 38 pontos, contra 25 do bicolor e sete da Tuna Luso. No Campeonato, o Remo tem 134 pontos, o Paysandu 109 e o Tuna 40.

Na Bahia, o Vitória segue firme rumo ao título estadual. Ao vencer quatro das dez provas da 3ª Etapa, domingo (1/9), na Enseada dos Tainheiros, na Ribeira, o rubro-negro chegou aos 19 pontos no campeonato, 13 à frente do São Salvador, que ganhou três provas, na regata e soma seis pontos na temporada. O Santa Cruz ganhou suas duas primeiras provas no ano e ficou em terceiro na regata, mas segue atrás do Itapagipe, que venceu uma e soma três pontos no campeonato.

Em São Paulo, mesmo sem vencer a última etapa, dia 3 de agosto, o Paulistano – que conta com Vitória Blanes, campeã sul-americana em abril no Double Skiff Júnior feminino , com Beatriz Cardoso, do Flamengo – conquistou o título do Campeonato Paulista com 552,5 pontos, à frente de Pinheiros (505,5), Corinthians (270), Bandeirante (181) e CEPEUSP (88).

Confira o calendário do remo brasileiro até o fim de 2013

 

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Estadual e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s