Fla é tetra e supera Vasco em 115 anos de remo carioca

Ao som da incansável Charanga rubro-negra, o Flamengo escreveu neste domingo mais uma página de ouro na história do esporte que deu origem ao clube. Com vitória em nove das 12 provas da 6ª Regata, os barcos da Gávea ganharam a última etapa do Campeonato Estadual de Remo do Rio, conquistando o tetracampeonato e superando o Vasco em total de títulos nos 115 anos da competição esportiva mais antiga em disputa no país.

O Botafogo precisava tirar 22 pontos de vantagem do Flamengo para chegar ao título que não conquista desde 1964. Mas as guarnições rubro-negras trataram de aumentar a diferença vencendo as duas primeiras provas deste domingo na Lagoa Rodrigo de Freitas (4Sem Peso Leve e Double Skiff Aberto feminino). O Botafogo reagiu ganhando o 4Com Aspirante , mas viu as chances de título diminuírem quando o Vasco conquistou sua única vitória do dia no Single Skiff Aberto , com Osvaldo Ariel superando o botafoguense Anderson Nocetti num duelo de atletas olímpicos.

As vitórias no 4Sem Master e Four Skiff Infantil , apesar de não contarem para o campeonato, sinalizaram que o Flamengo estava disposto a mostrar que a derrota para o Botafogo na 5ª Regata fora um acidente de percurso no caminho do título histórico. E para não dar chances ao azar, os barcos rubro-negros venceram as três provas seguintes: Single Skiff Peso Leve feminino  (com Fabiana Beltrame), Double Skiff Peso Leve  masculino e Single Skiff Aspirante feminino, garantindo matematicamente o tetracampeonato.

O Botafogo ainda ganhou o Four Skiff Jr.B , mas a festa rubro-negra foi completada com as vitórias no Four Skiff S23 feminino e no 8Com Aberto . O Flamengo ganhou a regata com 103 pontos, 25 à frente dos alvinegros, que comemoraram o tri na categoria Aberto. No campeonato a vantagem foi ainda maior, com o rubro-negro somando 469 pontos, contra 430 do Botafogo e 165 do Vasco.

Na festa do tetra, o Flamengo distribuiu camisas com referência ao seu 47º título estadual. Desde 1898, esta é a segunda vez que o rubro-negro supera o Vasco em títulos conquistados. A primeira foi em 1997, mas no ano seguinte o cruz-maltino empatou novamente a série histórica e manteve a hegemonia até este domingo, quando assistiu à distância à vitória rubro-negra, superado novamente pelo Botafogo, vice pela terceira vez consecutiva.

Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Estadual e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Fla é tetra e supera Vasco em 115 anos de remo carioca

  1. RAFAEL GAIO. disse:

    BOA TARDE…

    SÓ UM DETALHEZINHO NESSA HISTÓRIA DE ESTADUAL DE REMO.

    DOS ÚLTIMOS 50 CAMPEONATOS. OU SEJA, MEIO SÉCULO… O FLAMENGO FATUROU NADA MAIS NADA MENOS QUE 39 TITULOS DO ESTADUAL DE REMO… É MOLE? FALA SÉRIO!! O MENGÃO GANHOU APROXIMADAMENTE 90% DOS CAMPEONATOS ESTADUAIS DOS ÚLTIMOS 50 ANOS… É UMA DAS MAIORES HEGEMONÍA, SE NÃO A MAIOR, DE TODOS OS ESPORTES QUE SE DISPUTA NO BRASIL DE 50 ANOS PRA CÁ..

    E TEMOS QUE LEVAR EM CONSIDERAÇÃO QUE ESTAMOS FALANDO DE 50 ANOS. MEIO SÉCULO… E NÃO DE 10, 20 OU 30 ANOS…

    PRATICAMENTE SÓ DEU FLAMENGO NOS ÚLTIMOS 50 ANOS DE DISPUTAS NO ESTADUAL DE REMO.. A COMPETIÇÃO DE ESPORTE MAIS ANTIGA DO BRASIL…
    SÓ POR ESTE DETALHE PODEMOS CONFERIR O QUE É REALMENTE O CLUBE DE REGATAS DO FLAMENGO. A INSTITUIÇÃO MAIS VITORIOSA DO DESPORTO NACIONAL… SEM CONTARMOS QUE TAMBÉM É A DE MAIOR TORCIDA… COMO DISSE O OUTRO; “FLAMENGO É FLAMENGO.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.