Manhã difícil tira brasileiros de finais A na Copa do Mundo

Ronald e Roque vão à final B do Double Skiff PL (foto: CBR)

Ronald e Roque vão à final B do Double Skiff PL
(foto: CBR)

Foi uma manhã fria e difícil para os remadores brasileiros na Inglaterra. Com rajadas de vento e temperatura em torno dos 10ºC em Eton, nenhum dos três barcos que disputaram as semifinais da Copa do Mundo, este sábado, avançou à final A de suas provas, no domingo. Com isso, apenas Fabiana Beltrame, classificada na véspera ao vencer a eliminatória do Single Skiff Peso Leve feminino, estará na briga entre as seis melhores do planeta em sua categoria.

O campeão Sul-Americano Ailson Eráclito nem chegou a ir à raia para a semifinal do Single Skiff PL, por motivos médicos. A bateria foi vencida pelo português Pedro Fraga (7m21s43), quinto lugar nas Olimpíadas de Londres ano passado com Nuno Mendes, que ficou em sexto na outra semifinal (7m52s39).

No Double Skiff PL masculino, Roque Zimmermann e Ronald Brito ficaram em sexto lugar, com o tempo de 7m04s36, o pior entre os 12 semifinalistas. Campeã Sul-Americana da prova, Bianca Miarka fechou a raia no Single Skiff feminino, em 8m52s77, também o pior tempo das duas semifinais.

O único conforto do dia foi a vitória de Célio Amorim, João Kubit, Tiago Almeida e Marcos Oliveira, no duelo com os egípcios pelo sétimo lugar na final B do 4 Sem PL masculino, conquistando o primeiro ponto do Brasil na Copa do Mundo, em 6m54s29. Diego Nazário despediu-se da competição com o 16º lugar (7m48s86) na final C do Single Skiff PL.

Fabiana Beltrame volta à raia este domingo, às 5h55 (de Brasília), para a final A do Single Skiff PL feminino, prova em que foi campeã da segunda etapa da Copa do Mundo em 2011, na Alemanha, com o tempo de 7m42s57, o melhor resultado da história do remo brasileiro na competição. Na sexta-feira ela ganhou sua eliminatória em 7m54s85, o segundo melhor tempo do dia, atrás da austríaca Michaela Taupe-Traer, vencedora da primeira bateria com 7m49s38. Além delas, a final terá barcos de Irlanda, Grã-Bretanha, Alemanha e Hong Kong.

A Copa do Mundo é uma competição anual disputada desde 1997, em três etapas, com os barcos nacionais acumulando de um a oito pontos (do sétimo ao primeiro lugar) em cada categoria. Ao final da temporada, o país com mais pontos é declarado Campeão Mundial. A Austrália, anfitriã da primeira etapa, em março (da qual o Brasil não participou), lidera a classificação com 81 pontos, contra 68 da Grã-Bretanha (campeã em 2012). A última etapa deste ano será disputada em Lucerne, na Suíça, de 12 a 14 de julho.

Veja todos os resultados da Copa do Mundo em Eton.

 

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Internacional e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s