Clubes de fora do Rio garantem pluralidade nas finais

União vence eliminatória do 8Com (Foto: Remo em Voga)

União vence eliminatória do 8Com
(Foto: Remo em Voga)

A chuva que caiu esta sexta-feira no Rio de Janeiro fez paulistas e gaúchos sentirem-se em casa no Campeonato Brasileiro de Remo Sênior e Paralímpico, na Lagoa Rodrigo de Freitas. Remadores dos dois estados conquistaram mais quatro vagas para cada um nas finais de domingo, superando os cariocas em duas eliminatórias: no Skiff Masculino Sub-23, com Leonardo Muffato, do Pinheiros (SP), e no 8 Com Masculino Sênior, com a guarnição do Grêmio Náutico União, de Porto Alegre.

Outras três vagas paulistas foram garantidas por Ana Luiza Palassão, do Pinheiros, no Skiff Feminino Sênior, e por Renan Castro e Vitoria Blanes, do Paulistano, no Skiff Masculino Sênior e no Skiff Feminino Sub-23 Peso-Leve, respectivamente.

Já os gaúchos do União, além da vitória na segunda eliminatória do 8 Com, à frente de Vasco e Botafogo, conseguiram dois terceiros lugares, suficientes para avançar no Double Skiff Masculino Peso-Leve, com Rui Valle e Evaldo Morais, e no Skiff Masculino Sub-23, com  Augusto Scheffer. O único barco do GPA na competição também passou à final, com Dênis Araújo em segundo na eliminatória A do Skiff Masculino Sênior.

Entre os representantes do Espírito Santo, o Saldanha da Gama conquistou vaga em mais três finais, com Luana Bartholo, no Skiff Feminino Sênior, Weverton Stinghel e Rogério dos Anjos, no Double Skiff Masculino Peso-Leve, e Helder Lima, no Skiff Masculino Sênior.

Três barcos paraenses também avançaram: Pablo Aguirre, no Skiff Masculino Sub-23, e Aline Rosário, no Skiff Feminino Sênior, ambos do Paysandu, e a guarnição da Federação Paraense no Double Skiff Masculino Peso-Leve, com Anderson Araújo, do Paysandu, e Waldonilton Reis, da Tuna Lusa.

Dos catarinenses, apenas Walter Prietsch Neto e Gustavo dos Santos se classificaram no Double Skiff Masculino Peso-Leve, com o segundo lugar na eliminatória B. Já a baiana Marilene Silva, do São Salvador, foi beneficiada pela decisão dos juízes de cancelar a segunda bateria do Skiff Feminino Sênior e incluir as sete inscritas na final.

Os clubes do Rio mais uma vez conquistaram o maior número de vagas, com 21 no total (contra 16 de remadores de outros estados), sendo oito do Botafogo e sete do Flamengo,  com Vasco e Loureiro garantindo três cada um.

As primeiras finais acontecem este sábado, a partir das 9h, com 69 barcos de 20 clubes e três Federações Estaduais disputando 13 provas. Os cariocas são maioria, com 40 barcos em 12 disputas. Os paulistas estão em seis finais, com quatro barcos do Pinheiros, três do Bandeirante e dois do Paulistano. Gaúchos (União), capixabas (Saldanha e Caxias), paraenses (Remo, Paysandu e Tuna Luso) e catarinenses (América, Aldo Luz e Martinelli) disputam quatro finais cada, com baianos (São Salvador e Vitória) e brasilienses (Minas Brasília e Federação) em duas, e um barco da Federação Paranaense.

Confira os resultados de sexta-feira.

Veja o programa das finais de sábado.

Fonte: Confederação Brasileira de Remo

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Nacional e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s