Botafogo abre vantagem em pontos e barcos

Fabiana: ídolo das "rivais" mais jovens (Foto: Remo em Voga)

Fabiana: ídolo das “rivais” mais jovens
(Foto: Remo em Voga)

A tropa feminina do Flamengo não foi suficiente para segurar a esquadra masculina do Botafogo no primeiro dia do Campeonato Brasileiro de Remo Sênior e Paralímpico, na Lagoa Rodrigo de Freitas. Com mais barcos em mais provas, o alvinegro somou 74 pontos contra 69 dos rubro-negros, que venceram seis provas, duas a mais que as guarnições da estrela solitária.

O Botafogo participou das 11 provas válidas para a classificação geral, pontuando em todas. O Flamengo esteve em nove, e marcou pontos em oito, graças às mulheres da Gávea, que venceram todas as cinco finais femininas. A primeira foi com Fabiana Beltrame e Cassia Brito no Double Skiff Peso-Leveico-camera3, única prova do dia disputada em 2.000 metros, antes de o vento interromper a competição até às 13h30 e forçar a redução da distância à metade.

Na volta, o Flamengo conquistou mais três vitórias: no Skiff Feminino Sub-23ico-camera3, com Beatriz Cardoso; no Skiff Feminino Peso-Leveico-camera3, com Fabiana Beltrame; e no Double Skiff Feminino Sêniorico-camera3, com Yanka Britto e Beatriz Cardoso superando as alvinegras Bianca Miarka e Sofia Antonela. Entre a segunda e a terceira vitórias rubro-negras houve o único triunfo do Vasco no dia, com os argentinos Osvaldo Ariel e Cristian Rosso no Double Skiff Masculino Sêniorico-camera3.

A reação botafoguense começou com dobradinha no Dois Sem Masculino PLico-camera3, embalou no Skiff Masculino PLico-camera3, com Ailson Eráclito superando Roquer Zimmermann, do América de Blumenau, e Ronald Britto, do Loureiro, e foi consolidada pelo Quatro Sem PLico-camera3, batendo Flamengo e União (RS). A única vitória masculina do Flamengo, no Dois Sem Sub-23ico-camera3, com Samuel Melo e Pedro Henrique Meirelles, foi rebatida em seguida pela conquista de Uncas Tales sobre Evaldo Mathias, do União (RS), e Walter Prietsch Neto, do Martinelli (SC), no Skiff Masculino Sub-23 PLico-camera3.

Mais uma vez as mulheres diminuíram o prejuízo rubro-negro, com a vitória de Cássia Britto e Suzane Pereira no Dois Sem Feminino Sub-23ico-camera3. A distância de cinco pontos é pequena, mas a vantagem do Botafogo para conquistar o título vai além, já que neste domingo o clube tem 17 barcos em 10 provas válidas para a classificação geral, contra 14 do Flamengo em nove provas, das quais apenas quatro do feminino, duas novamente com Fabiana.

Veja os resultados de sábado.

Confira a pontuação geral do primeiro dia.

Fonte: Confederação Brasileira de Remo

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Nacional e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s