Brasil é vice-campeão Sul-Americano Sub-23 e 3º no Júnior

Nayara e Gabriela comemoram o título Sul-Americano (Foto: CBR/Divulgação)

Nayara e Gabriela comemoram o título Sul-Americano
(Foto: CBR/Divulgação)

O Brasil foi o país que mais subiu ao pódio no Campeonato Sul-Americano Júnior e Sub-23 de remo, fim de semana passado, em Encarnación, no Paraguai. Com participação em todas as 18 provas da competição, a equipe brasileira trouxe 17 medalhas (três de ouro, dez de prata e quatro de bronze), mas ficou atrás de Argentina (sete) e Chile (seis) no total de vitórias. Os chilenos conquistaram novamente o título nos juniores, com seis ouros em nove provas, enquanto os argentinos recuperaram a hegemonia no Sub-23, com cinco triunfos.

A paraense Nayara Furtado, do Flamengo, foi o destaque brasileiro no Sub-23, com vitórias no Single Skiff e no Double Skiff, nesta com Gabriela Salles, do Botafogo. A equipe também ganhou cinco pratas (Single Skiff, Single Single Skiff Peso-Leve, Dois Sem e Double Skiff Peso-Leve masculinos, e Single Skiff Peso-Leve feminino) e dois bronzes (Double Skiff e Dois Sem masculinos), ficando com o vice-campeonato na categoria.

Os brasileiros ficaram atrás apenas dos argentinos em quatro provas no masculino, com as pratas de Augusto Scheffer (GNU) no Single Skiff; Saulu de Oliveira (Flamengo), no Single Skiff Peso-Leve; e David Souza e Guilherme Gomes (Botafogo), nas provas do Dois Sem e Double Skiff, ambas no Peso-Leve. Sophia Câmara (Flamengo), foi superada pela paraguaia Clara Correa, no Single Skiff Peso-Leve Feminino.

A menos de quatro meses do Campeonato Mundial Júnior, no Rio de Janeiro, em agosto, o único ouro brasileiro entre atletas de até 18 anos foi do carioca Lucas Verthein, do Botafogo, no Single Skiff Masculino. A equipe trouxe também cinco pratas (Dois Sem, Double Skiff, Four Skiff e Oito Com masculinos e Four Skiff feminino) e dois bronzes (Double Skiff Feminino e Quatro Sem Masculino), terminando em terceiro, atrás de chilenos e argentinos.

Com 29 atletas e sete técnicos, a equipe brasileira foi quase o três vezes maior que a presente ano passado no Uruguai, quando o país disputou apenas sete das 16 provas, conquistando três ouros, uma prata e um bronze.  Segundo Marcello Varriale, integrante da Comissão Técnica da CBR, a intenção este ano foi “incluir a maior quantidade possível de atletas e treinadores, dentro de critérios de qualidade técnica, desempenho e comprometimento”, visando à preparação para o Mundial.

“Aproveitar a oportunidade de sediar um Campeonato Mundial é essencial para o desenvolvimento da base do remo nacional, por isto queremos priorizar o envolvimento de vários atletas e treinadores, em contribuição e construção constante”, explica Marcello, que coordenou o treinamento para a competição continental, realizado em Porto Alegre.

Para Varriale, a maior dificuldade na montagem de uma equipe júnior no país é “a distância a ser percorrida para realizar camps (de treinamento)”, além do fato de que “atletas juniores possuem compromissos escolares que não podem ser ignorados ou colocados de lado”. Mesmo assim, ele diz ter “certeza de que com o bom senso e com a contribuição dos clubes, atletas e treinadores envolvidos será possível organizarmos a seleção júnior da melhor forma e que atenda às expectativas reais do remo nacional”.

 

Veja lista completa dos medalhistas do Brasil no Sul-Americano Júnior e Sub-23

 

Fontes: Confederação Brasileira de Remo e Diário La Voz de Zarate

 

 © Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Internacional e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s