Copa do Mundo começa sem brasileiros na Austrália

Raiao olímpica de Sydney recebe Copa do Mundo  (Foto: Igor Meijer/FISA)

Raia olímpica de Sydney recebe Copa do Mundo
(Foto: Igor Meijer/FISA)

A Copa do Mundo de remo começa este fim de semana sem brasileiros na raia olímpica de Sydney, que pela segunda vez consecutiva abre a temporada internacional da FISA. O país não terá representantes “por ser um momento em que a equipe ainda não está totalmente estruturada e por acontecer na Austrália, onde os gastos são bem maiores que das regatas na Europa”, explicou o técnico da Seleção Brasileira, Julio Soares, ao site da CBR.

Não há delegações latino-americanas entre os 21 países com atletas em alguma das 14 provas previstas (oito masculinas e seis femininas), incluindo duas regatas internacionais. Apenas os anfitriões australianos disputam todas, seguidos dos chineses, em sete, e dos neozelandezes, em seis. Ao todo, 191 remadores estão inscritos, sendo 107 homens e 84 mulheres. As provas serão transmitidas ao vivo pelo canal de TV por assinatura Sportv 3, no sábado, das 19h às 21h40, com comentários de Ronaldo Carvalho.

Campeões nas duas últimas temporadas, os britânicos também não enviaram barcos a Sydney, assim como Portugal, que em 2013 conquistou cinco pontos na primeira etapa, com Pedro Fraga e Nuno Mendes no Double Skiff Peso-Leve. A maior participação europeia será da Holanda, com barcos em quatro provas, seguida dos alemães, em três.

Mesmo sem contar pontos para a Copa do Mundo, a prova do Single Skiff Peso-Leve Feminino, na qual Fabiana Beltrame foi ouro na última etapa do ano passado, na Suíça, é a que tem mais barcos inscritos: 14. Entre os homens, o Single Skiff e o Double Skiff Peso-Leve são as com mais participantes: nove em cada.

Disputada anualmente desde 1997, a Copa do Mundo é dividida em três etapas, com as equipes nacionais acumulando de um a oito pontos em cada prova: um para o vencedor da Final B quando há mais de sete barcos e oito para o vencedor da Final A, com seis pontos para o segundo, cinco para o terceiro etc.

Em 2013, o Brasil voltou a pontuar após mais de cinco anos, com o sétimo lugar do 4 Sem PL masculino, formado por Tiago Almeida, Marcos Oliveira, Célio Amorim e João Kubit, na etapa da Inglaterra. O país terminou a Copa passada em 38º lugar, ao lado de Hong Kong e Hungria. Portugal ficou em 26º, com um terceiro lugar, enquanto a Argentina foi 31º, com um sexto e um sétimo.

Página oficial da Copa do Mundo

Fonte: FISA  e CBR
© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Internacional e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Copa do Mundo começa sem brasileiros na Austrália

  1. Ronaldo Carvalho disse:

    Amigos,
    TIVEMOS UMA ALTERAÇÃO. O SPORTV NÃO VAI MAIS TRANSMITIR ESTA ETAPA DE SIDNEY NO DOMINGO. FAREMOS APENAS O SÁBADO 29/03 DAS 19:03 HS ÀS 21:40 HS AO VIVO NO SPORTV 3.
    Abraço a todos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s