Brasileiros fecham a raia na despedida da Copa do Mundo

Quatro Sem PL ficou em 5º na Final B (Foto: Igor Meijer/FISA)

Quatro Sem PL ficou em 5º na Final B
(Foto: Igor Meijer/FISA)

O corpo cobrou seu preço. Uma semana após disputarem a 3ª Regata do Campeonato Estadual de Remo, no Rio de Janeiro, Fabiana Beltrame e Beatriz Cardoso fecharam a raia na Final B do Double Skiff Peso-Leve Feminino, este domingo, na 2ª Etapa da Copa do Mundo de Remo, na França. As brasileiras ficaram na 12ª posição geral, despedindo-se com o tempo de 7m23s33, na prova vencida pelas chinesas em 7m11s20.

“Hoje o cansaço bateu e não conseguimos fazer uma boa final”, escreveu Fabiana em sua página no Facebook. “Ainda assim, o saldo foi positivo, é só o início do trabalho. Agora é relaxar um pouco pra retomar os treinamentos para o nosso maior objetivo que é o mundial da Holanda, em agosto”, avaliou a melhor remadora do Brasil, que ano passado conquistou medalhas de ouro e bronze em duas etapas da competição.

Na outra final B com brasileiros este domingo, o Quatro Sem Peso-Leve Masculino, com Thiago Almeida, Celio Amorim, Marcos de Oliveira e Renato Cesar de Azevedo, também fechou a raia, em quinto lugar (11º), com tempo de 6m22s73, mais de 12s atrás dos vencedores poloneses (6m10s33).

No sábado, as três guarnições de Double Skiff Peso-Leve Masculino se despediram longe da briga por medalhas. Willian Giaretton e Diego Nazário ficaram em segundo na Final D (20º no geral), à frente de Emanuel Borges e Guilherme Gomes, em quarto (21º). Evaldo Becker e Ronaldo Vargas terminaram em 2º (26º) na Final E. Anderson Nocetti e Aílson Eráclito encerraram sua participação no Dois Sem masculino na sexta-feira, em 13ª lugar.

Únicos barcos brasileiros na disputa por medalhas, o Single Skiff AS Feminino (braços e ombros), com Cláudia Santos, e o Double Skiff TAMix (tronco e braços misto), com Josiane Lima e Michel Pessanha, terminaram as respectivas Finais A em sexto lugar, no sábado. No Single Skiff AS Masculino, Luciano Luna venceu a Final B em 5m05s56, mais de 20s à frente do segundo colocado, despedindo-se com o sétimo lugar.

Confira todos os resultados.

© Remo em Voga ®

 

Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Internacional e marcado , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Brasileiros fecham a raia na despedida da Copa do Mundo

  1. Heraldo João Lisboa disse:

    Continuando:
    Urgente! Triplicar convocados da seleção de remo e criar avaliações trimestrais.
    CBR favor mobilizar técnicos e montar uma preparação física com periodização e macrociclo específico visando melhorar técnica e força muscular. O desempenho em resistência chegará na hora certa. O limite mínimo desta preparação é esse, há dois ciclos das olimpíadas.

  2. Heraldo João Lisboa disse:

    Quero sugerir convocaçâo de remadores em massa, já. Motivo: se não houver uma mobilização imediata teremos regata olímpica na Lagoa sem representantes brasileiros nem na final C
    Urgente!

  3. Thiago disse:

    E muito longe das sétima colocação!

  4. Heraldo João Lisboa disse:

    Os remadores da seleção brasileira precisam de mais tempo de preparação no ambiente das competições europeias importantes, portanto, estar presente nos diversos eventos internacionais antes das principais regatas do planeta é fundamental. Observamos que falta somente rítimo de competição internacional a este grupo e focar nos conjuntos, afinal, todos que remamos sabemos que o cotidiano é muito difícil e tornar possível esse momento para formação dessas guarnições, dará condições de crescimento a esta equipe.
    Vale lembrar que criar “sombras” (substitutos em condições) aos atuais remadores da seleção torna a equipe mais aguerrida, dando raça nos treinos, preocupando-os com o crescimento em todos os momentos.
    Montar um trabalho pisicilógico faz-se também necessário, afinal, estamos há somente dois anos dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, maior evento de remo da nossa história, onde necessitamos ter, pelo menos, dois barcos de cada guarnição treinando lado a lado, sem esquecer que cada guarnição precisa de uma equipe técnica acompanhando nossos representantes, remada a remada, elevando a auto-estima e não deixando o corpo acomodar.
    Bons treinos!

  5. Anônimo disse:

    Desempenho aquém do que podíamos ter… triste… como sempre Fabiana salvando nossa seleção… vamos ver as justificativas… espero que não culpem os atletas que são vítimas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s