Remo não tem mais ingressos para dois dias na Rio 2016

picto_remo_pNão há mais ingressos disponíveis para assistir à disputa por medalha nas duas provas mais tradicionais do remo Olímpico nos Jogos do Rio de Janeiro, em agosto de 2016. Na abertura da segunda fase de venda, esta quarta-feira, dois dos oito dias de provas da modalidade na Lagoa Rodrigo de Freitas estão indisponíveis: o primeiro, dia 6, com oito baterias em diferentes classes, e o último, dia 13, com as finais masculina e feminina do Single Skiff e do Oito Com, os dois únicos barcos a integrar o programa de todas as Olimpíadas desde 1900.

Em ambos os dias, o site oficial informa que “essa sessão não está disponível nesse momento seja porque os ingressos estão esgotados ou porque a configuração da instalação ainda não foi finalizada”, avisando que “os ingressos podem ser disponibilizados nas próximas etapas do Programa”. Para quem quiser garantir presença, dos seis dias restantes, três incluem Finais A, com ingressos entre R$ 100 e R$ 280.

A disputa por medalhas inicia na quarta-feira, dia 10, com os Four Skiff. No dia seguinte é a vez dos Double Skiff, também masculino e feminino, e do Dois Sem e Quatro Sem Peso-Leve masculinos. Na sexta-feira, dia 12, ocorrem as Finais A do Double Skiff Peso-Leve, masculino e feminino, do Dois Sem Feminino e do Quatro Sem Masculino.

As vagas para a Rio 2016 começam a ser definidas no próximo Campeonato Mundial, em setembro, na França, de onde sairão classificados 77 barcos masculinos e 52 femininos. Para chegar ao total de 121 guarnições masculinas e 94 femininas, com 550 atletas, serão realizadas quatro regatas continentais: Ásia/Oceania, África, Américas (sem Estados Unidos e Canadá) e Europa (com EUA, Canadá, Nova Zelândia e Austrália), além de uma regata final de qualificação, em maio, na Suíça.

Melhor chance de classificação para os brasileiros, a regata das Américas, marcada para novembro em Valparaíso, no Chile, vai distribuir seis vagas no Single Skiff e três no Double Skiff Peso-Leve, no masculino e no feminino.  Caso não classifique nenhum barco, o Brasil terá direito a um Single Skiff no Masculino e outro no Feminino, ambos na categoria aberta, já que não há prova olímpica de Peso-Leve neste barco.

Principal nome do remo nacional, Fabiana Beltrame ainda busca uma parceira para disputar sua quarta Olimpíada, a segunda no Double Skiff Peso-Leve, no qual foi 13º em Londres-2012, com Luana Bartholo. Primeira remadora do país a participar dos Jogos, Fabiana estreou em 14º lugar no Single Skiff, em Atenas-2004, prova em que foi 19º em Pequim, quatro anos depois.

O melhor resultado do Brasil em Olimpíadas é o 4º lugar no Dois Com em Los Angeles-2004, com Walter Hime, Angelo Rosso e Nilton Alonço de timoneiro. Foi também a última Final A disputada por um barco brasileiro nos Jogos.

A segunda fase de pedidos de ingressos vai até 17 de julho, no site da Rio 2016. Só pode solicitar quem participou da primeira fase e não foi sorteado ou confirmou a compra. Quem cancelou o pedido anterior ou não pagou no prazo terá de esperar a próxima etapa de venda.

 

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Olímpico e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s