Alemanha é campeã (de novo) no Mundial Júnior

Alemãs comemoram a vitória no 8+ Feminino  (Foto: Vicente Leal/Remo em Voga)

Alemãs comemoram a vitória no 8+ Feminino
(Foto: Vicente Leal/Remo em Voga)

Os alemães gostaram de ser campeões no Rio. Um ano após ganharem a Copa do Mundo de futebol na cidade, a esquadra germânica conquistou o Mundial Júnior de Remo este sábado, na Lagoa Rodrigo de Freitas, com cinco medalhas de ouro, quatro de prata e duas de bronze, um total de 11 pódios em 13 finais disputadas. Este é o terceiro título consecutivo do país, que conquistou sete das últimas oito edições do mundial da categoria até 18 anos de idade – a Itália foi campeã em 2012 e a China em 2007.

Os italianos ficaram em segundo no Rio, com dois ouros, duas pratas e um bronze, mesmo total dos americanos, que terminaram em sexto (1 ouro , 1 prata, 3 bronzes), atrás de Holanda (2 ouros), Grã-Bretanha e Romênia (1 ouro, 2 pratas), empatados em quarto. O Brasil se despediu em duas Finais B, com o terceiro lugar no Four Skiff Masculino (9º no geral) e quinto no Double Skiff Feminino (11º).

Os alemães venceram três provas no Feminino (Double Skiff, Four Skiff e Oito Com) e duas no Masculino (Dois Sem e Quatro Com), e só não subiram ao pódio no Single Skiff e no Dois Sem Femininos. Eles foram superados duas vezes pelos italianos, ouro no Single Skiff e no Double Skiff Masculinos, e ficaram com a prata também no Quatro Sem Feminino, vencido pelos Estados Unidos, e no Four Skiff Masculino, a única vitória dos romenos – que ganharam duas pratas e empataram com os britânicos em quarto lugar.

Com menos pódios e mais vitórias, os holandeses – que recebem o próximo Mundial, em Roterdam – conquistaram a terceira posição na última prova do dia, batendo americanos e alemães no Oito Com Masculino. Apesar da torcida, uma das mais animadas ao lado de italianos e neozelandeses, os americanos ficaram em sexto na contagem de ouros (vice no total de medalhas), à frente dos russos, vencedores no Dois Sem Feminino.

Único barco sul-americano nas finais, o Dois Sem Feminino do Chile, com as gêmeas Melita e Antonia Abraham, conquistou a medalha de prata e deu ao país a nona posição, atrás da Grécia, que ganhou também um bronze. Austrália, Bulgária, Hungria, Nova Zelândia, Turquia e Ucrânia dividiram a 10ª posição, com um bronze cada.

Quadro de medalhas
Resultados Finais A e B
Posições por país
Site oficial

Leia também:
Clubes estão na base do sucesso alemão no Mundial Júnior 

 

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Internacional e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Alemanha é campeã (de novo) no Mundial Júnior

  1. Pingback: LUCAS VERTHEIN GANHA BRONZE HISTÓRICO NO MUNDIAL JUNIOR DE REMO HOLANDA 2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s