GPA é decacampeão em Sul-Americano Máster complicado

GPA comemora o 10º título consecutivo (Foto: Jossiano Leal/Remosul)

GPA comemora o 10º título consecutivo
(Foto: Jossiano Leal/Remosul)

A correnteza e os redemoinhos do Rio Santa Fé não foram suficientes para impedir os gaúchos do Guaíba-Porto Alegre (GPA) de conquistarem o inédito decacampeonato do Sul-Americano de Remo Máster, fim de semana passado, na Argentina. Os remadores do mais antigo clube de remo em atividade no Brasil ganharam 55 medalhas de ouro, 28 de prata e 15 de bronze em dois dias de competição, já que as condições do tempo levaram ao cancelamento das provas no domingo.

As dificuldades foram sentidas desde a sexta-feira, quando cerca de 30 provas foram canceladas, sendo metade realizada no dia seguinte. Na página do evento no Facebook, brasileiros reclamaram das condições da raia, das instalações em terra, da comunicação entre a arbitragem e os barcos, da falta de controle do acesso à área e da ausência de ambulâncias disponíveis, entre outras queixas à organização.

Além do GPA, que domina a competição desde 2007, o segundo lugar no quadro de medalhas também foi gaúcho, com 18 ouros do Grêmio Náutico União (GNU), que ganhou também sete pratas e oito bronzes. O Guanabara (RJ) ficou em sétimo, com quatro ouros, seis pratas e três bronzes.

Remadores de outros sete clubes brasileiros também foram ao topo do pódio uma vez: Minas Tênis (DF), Corinthians (SP), Martinelli e Asmasc (SC), Paysandu (PA), Vasco (RS) e Botafogo (RJ). O Potengy (RN) ganhou quatro pratas, duas a mais que o Piraquê (RJ), que ainda trouxe dois bronzes. Associação Máster do Espírito Santo, Clube Naval de Brasília e Vitória (BA) também ganharam prata.

Fundado em 1888 como Ruder Club, o GPA conquistou ainda o troféu dado ao clube com mais inscritos – entre eles Carlos Júlio Saueressig, de 84 anos, homenageado, juntamente com Odilon Maia Martins, de 86, do Martinelli, como os dois atletas de mais idade na disputa, dividida em 11 categorias por faixa etária acima de 27 anos.

Mais de 630 remadores se inscreveram na competição, representando 65 clubes de Argentina, Brasil, Peru, Uruguai e Chile, cuja delegação desistiu de participar devido ao acidente de carro que matou três remadoras do Estrella Blanca, a caminho de Santa Fé. O Campeonato em 2017 será no Uruguai, ainda sem data e local definidos.

Resultados
Site oficial
Fontes: Remosul e CBR

Leia também:
GPA ganha Sul-Americano Máster pela 9ª vez
Corinthians domina Brasileiro Máster em São Paulo

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Internacional e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para GPA é decacampeão em Sul-Americano Máster complicado

  1. Ttt 13 disse:

    Os Remadores da Amazônia do Projeto REAMA se congratulam com os campeões Master do GAP. Certamente, os novos remadores sentirão orgulho desta equipa vitoriosa. Do Remador da Amazônia Ttt 13.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s