Botafogo e Flamengo duelam pelo Brasileiro de Júnior

Ouro no Sênior, Beatriz e Uncas são destaques de Fla e Botafogo (Fotos: Satiro Sodre/SSPress)

Ouro no Sênior, Beatriz e Uncas são destaques no Jr.
(Fotos: Satiro Sodre/SSPress)

Uma semana após protagonizarem os principais confrontos no Campeonato Brasileiro de Sênior, Botafogo e Flamengo voltam a dominar as atenções no Brasileiro de Remo Júnior este fim de semana na Lagoa Rodrigo de Freitas. Os dois clubes têm quase um terço dos 149 atletas entre 14 e 18 anos inscritos na competição, e se enfrentam em 10 das 13 provas, com 17 barcos cada um.

O Flamengo aposta na força das meninas, com dois barcos em cinco das seis provas do Feminino. Quinta colocada no Mundial Júnior em agosto, na Lituânia, e ouro no Skiff Sub-23ico-camera3 no Brasileiro Sênior, sábado passado, Beatriz Cardoso está inscrita no Four Skiff e no Skiff Júnior A, no qual enfrentará Vitória Blanes, do Paulistano, sua parceira no título Sul-Americano do Double Skiff Júniorico-camera3, em abril, na mesma raia.

O Botafogo é o único clube presente em todas as provas. Com 23 atletas, três a menos que o Flamengo (que não participa de três disputas no Masculino), o alvinegro tem dois barcos em uma prova do Feminino e em três no Masculino. Uncas Tales, que ganhou dois ouros individuais no Brasileiro Sênior ( Skiff Masculino Sub-23ico-camera3 e Skiff Masculino Sub-23 PLico-camera3), e Augustin Wambersic, 5º no Single Skiff Sub-19 na 131ª Royal Henley Regatta, no Canadá, em agosto, estão inscritos em três provas cada.

Apesar do predomínio numérico dos cariocas, que têm mais 12 barcos do Vasco e dois de Loureiro e Guanabara, a briga será grande em seis provas que terão eliminatórias a partir de 9h deste sábado. A com maior número de concorrentes é a do Skiff Masculino Júnior B, com 22 remadores de 15 clubes de 10 estados.

No domingo serão disputadas seis finais femininas e sete masculinas, sendo quatro para Júnior B (duas de cada), em 1.500 metros, e nove para Júnior A (quatro femininas e cinco masculinas), na distância olímpica de 2.000m. O vencedor ganha 10 pontos, o segundo 6, o terceiro 3 e o quarto 1 ponto. O clube ou federação com maior pontuação será declarado Campeão Brasileiro de 2013.

Ao todo, 26 clubes têm 149 remadores distribuídos em 105 barcos, sendo 69 cariocas e 80 de outros 10 estados: 17 de Santa Catarina; 15 do Espírito Santo; 12 de Pernambuco; 12 do Rio Grande do Sul; sete do Pará e de São Paulo; cinco da Bahia; dois do Paraná e da Paraíba; e um do Rio Grande do Norte.

Relação de atletas por prova e clubes por prova.

Fonte: Confederação Brasileira de Remo

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Nacional e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s