Provas FISA ampliam vantagem do Botafogo no estadual

Vitória no 8 Com Sub-23 deu 20 pontos ao Botafogo (Foto: Remo em Voga)

Vitória no 8 Com Sub-23 deu 20 pontos ao Botafogo
(Foto: Remo em Voga)

A nova pontuação do Campeonato Estadual de Remo do Rio de Janeiro aumentou a vantagem do Botafogo sobre o Flamengo. Com vitória em quatro das seis provas FISA, que este ano valem dobrado, o alvinegro lidera a classificação com 130 pontos contra 107 do rival. A diferença de 23 pontos é maior do que a conquistada pelo Botafogo na primeira regata da temporada passada (19), mas seria menor (12 pontos) se o critério de  pontuação fosse o mesmo.

Campeão das cinco categorias FISA (Federação Internacional de Remo) no masculino em 2013 (Júnior A, Peso-Leve, Peso-Leve Sub-23, Sub-23 e Aberta), o alvinegro conquistou o título estadual após 49 anos com uma vantagem final de 48 pontos sobre o Flamengo, vencedor no Feminino e no Júnior B, com o Vasco ganhando Aspirantes.

Em 2012, quando foi vice pela terceira vez seguida, o Botafogo já dominara as categorias Aberta e Peso-Leve Sub-23, empatando na Peso-Leve com o Flamengo, que venceu no Sub-23 e Júnior A. O rubro-negro garantiu o tetracampeonato com 39 pontos de vantagem graças à diferença de 61 pontos conquistada no Feminino.

Este ano, mesmo vencendo todas as provas femininas da 1ª Regata, os 30 pontos a mais das meninas da Gávea foram descontados pelas duas dobradinhas alvinegras em provas FISA masculinas (Júnior Aico-camera3 e Peso-Leve Sub-23ico-camera3), resultando numa frente de 12 pontos em cada uma, já que o vencedor recebe 20 e o terceiro 8.

A supremacia reflete a presença de atletas do clube na Seleção. Atual campeão Brasileiro de Sênior e Júnior (empatado com o Flamengo), o Botafogo tem 16 remadores entre os 51 pré-selecionados para compor os barcos nacionais em competições da FISA este ano, o Flamengo tem oito, e Vasco, Loureiro e Liga Náutica de Campos têm um cada.

Para o técnico da Seleção, Julio Soares, a nova pontuação do campeonato que reúne o maior número de convocados é positiva, apesar do risco de que os clubes queiram priorizar a participação de seus remadores nessas provas. “Nossa visão é que os atletas da Seleção tenham disponibilidade para atuar pelos clubes e não o contrário, para não limitá-los às paredes da competição estadual”, afirmou Júlio ao site da CBR.

Resultado completo da 1ª Regata

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Estadual e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s