Brasil disputa 7º lugar em duas Finais B no Mundial Júnior

Four Skiff Masculino: 4º na semifinal A/B (Foto: Vicente Leal/Remo em Voga)

Four Skiff Masculino: 4º na semifinal A/B
(Foto: Vicente Leal/Remo em Voga)

O Brasil rema pelo sétimo lugar em duas “pequenas finais” do Campeonato Mundial Júnior, este sábado, na Lagoa Rodrigo de Freitas. Os brasileiros estão na Final B no Double Skiff Feminino, às 8h55, e no Four Skiff Masculino, às 9h20, no último dia do evento teste da modalidade para os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, em 2016. A disputa por medalhas começa às 9h30, com os alemães em todas as 13 Finais A, em busca do tricampeonato da competição.

Com três remadores locais do Botafogo (Bernardo Boggian, Daniel Afonso e Lucas Verthein) e um do gaúcho União (Anderson Vecchia), o Four Skiff Masculino foi o barco brasileiro que chegou mais perto da Final A. Únicos do país a não passarem pela repescagem, com a vitória na estreia, eles ficaram em quarto na semifinal esta sexta-feira, em 6m14s66, a pouco menos de 5s da última vaga, ganha pela Itália (6m09s87).

Após cruzarem os primeiros 500 metros em terceiro, os brasileiros caíram para a quinta posição na metade da prova e, apesar de terem feito o terceiro melhor tempo no último quarto do percurso, herdaram a quarta posição dos canadenses, que enforcaram a menos de 150 metros da chegada e terminaram em último (6m49s36), superados também pela Dinamarca (6m24s97). A vitória foi dos britânicos (6m06s22), apenas 38 centésimos à frente dos neozelandeses.

No Double Skiff Feminino, Milena Viana e Isabelle Falck começaram a prova em sexto , chegaram à metade em quinto e, mesmo com a quarta melhor parcial nos últimos 500 metros, não superaram as chinesas (7m42s28), terminando em 7m44s76, a mais de 18 segundos da última vaga, conquistada pelas britânicas (7m26s03). As romenas venceram em 7m21s62, com as australianas em segundo (7m22s68) e as eslovacas fechando a raia (8m21s52).

Neste sábado, as atletas do Flamengo enfrentam novamente chinesas, eslovacas e americanas, contra quem já remaram na repescagem, além de sul-africanas e norueguesas, que ficaram em quinto e sexto, respectivamente, na outra semifinal. Já o Four Skiff Masculino, além de canadenses e dinamarqueses reencontrará também os russos, superados pelos brasileiros na estreia. Turquia e Hungria completam a Final B.

Após fechar a raia na semifinal C/D do Single Skiff Masculino, que abriu o terceiro dia de provas, Igor Cunha, também do Flamengo, despediu-se em terceiro na Final D (21º), à frente dos barcos do Vietnã e da Venezuela.

O Brasil já venceu duas “pequenas finais” no Mundial Júnior, ambas com Ângelo Roso no Dois Sem, acompanhado dos irmãos Ronaldo (1976) e Ricardo Carvalho (1978). Na década seguinte, Roso integrou o Dois Com 4º lugar na Olimpíada de Los Angeles, em 1984 (o melhor resultado do remo brasileiro nos Jogos), enquanto Ronaldo e Ricardo ganharam as duas últimas medalhas de ouro do Brasil nos Jogos Pan-Americanos, em 1983 e 1987.

Ano passado, Uncas Tales foi 6º na Final B (12º) no Single Skiff Masculino, a melhor posição do país na prova. Em 2014, Beatriz Cardoso foi 5º na Final A também no Single Skiff, o melhor resultado do Feminino brasileiro, que estreou na competição em 2011, com o 5º lugar de Beatriz Cardoso e Gabriela Salles na Final B do Double Skiff.

Resultados de sexta-feira
Lista de partida de sábado
Site oficial

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Internacional e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s