Bicampeões Olímpicos garantem presença na Rio 2016

Olaf Tufte (dir.): 6ª Olimpíada (Foto: Igor Meijer/FISA)

Olaf Tufte (direita) vai disputar a sexta Olimpíada
(Foto: Igor Meijer/FISA)

Duas lendas do remo Olímpico garantiram lugar na raia da Lagoa Rodrigo de Freitas, em agosto. A bielorussa Ekaterina Karsten, de 43 anos, e o norueguês Olaf Tufte, de 40, conquistaram a vaga nos Jogos Rio 2016 esta terça-feira, em Lucerna, na Suíça. Ao todo, 32 barcos de 25 países se classificaram na Regata Continental Europeia e Qualificação Final, mas alguns ainda dependem da confirmação dos comitês nacionais.

Ouro no Single Skiff Feminino em Atlanta 1996 e Sidney 2000, Ekaterina carimbou o passaporte para sua sétima Olimpíada com o terceiro lugar na prova vencida pela neozelandesa Emma Twigg (7m21s87), campeã Mundial em 2014, que superou a irlandesa Sanita Puspure (7m24s76). A quarta vaga ficou com a dinamarquesa Udby Erichsen, prata em Londres 2012.

Também bicampeão Olímpico no Single Skiff Masculino, em Atenas 2004 e Pequim 2008, Olaf Tufte vai remar no Jogos pela sexta vez, de volta ao Double Skiff Masculino, no qual foi prata em Sidney 2000. Ele e Kjetil Borch venceram a final A esta terça-feira em 6m14s04, à frente dos sérvios Marko Marjanovic e Andrija Sljukic (6m16s13), que ficaram com a segunda vaga.

No Double Skiff Peso-Leve Masculino, os turcos Huseyin Kandemir e Enes Kusku desbancaram os atuais campeões Olímpicos Mads Rasmussen e Rasmus Quist, da Dinamarca, e conquistam a segunda vaga, atrás dos belgas Tim Brys e Niels Van Zandwegh . Como o também belga Hannes Obreno venceu o Single Skiff Masculino, a federação local terá de escolher apenas um barco – como aconteceu com o Brasil na Regata de Qualificação das Américas.

Qualquer que seja a escolha belga, o beneficiário será um barco dinamarquês, já que Sverri Nielsen ficou em quarto no Single Skiff, com o australiano Rhys Grant e o húngaro Bendeguz Molnar conquistando as outras duas vagas. Todos são estreantes em Olimpíadas.

Campeãs Olímpicas no Oito Com Feminino em 1996, 2000 e 2004, as romenas garantiram presença na prova no Rio, com as holandesas também classificadas, à frente de australianas, chinesas e alemã. Na disputa mais apertada do dia, os poloneses tiraram os italianos dos Jogos por 36 décimos de segundo, conquistando a segunda vaga em 5m29s62, atrás dos Estados Unidos (5m29s16).

Os sul-americanos que chegaram mais perto da vaga foram Rodrigo Murillo e Martin Lasserre, da Argentina, que ficaram em terceiro no Dois Sem Masculino, em que tchecos e húngaros se classificaram. Nas outras três provas que disputaram, os argentinos ficaram em quinto no Double Skiff e no Quatro Sem Masculino – em que russos e alemães conquistaram as vagas – e sexto no Dois Sem feminino, vencido pela Espanha, com China, Itália e Polônia também classificadas.

Além da confirmação das entidades nacionais, a lista final de remadores na Rio 2016 ainda depende da definição dos convites que a Federação Internacional fará para as provas do Single Skiff Feminino e Masculino. A CBR solicitou que uma das duas vagas femininas seja destinada a Fabiana Beltrame, que estaria classificada se não houvesse a restrição de um barco de cada país por gênero no Pré-Olímpico das Américas.

Posição final por prova (pdf)
Posição final por país (pdf)

Leia também:
CBR garante duplas e pede convite para Fabiana na Rio 2016 

 

© Remo em Voga ®

 

Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Olímpico e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s