Brasil terá nove barcos em sete provas da Copa do Mundo

Campeões europeus e mundiais estão na disputa do 2xPL (Foto: Igor Meijer/FISA)

Campeões europeus e mundiais na prova do 2xPL
(Foto: Igor Meijer/FISA)

Os três barcos brasileiros inscritos na disputa do Double Skiff Peso-Leve não terão vida fácil na 2ª Etapa da Copa do Mundo, esta semana, na França. A prova tem o maior número de participantes da competição (30), incluindo os locais Stany Delayre e Jeremie Azou, campeões europeus no início do mês, e os atuais campeões mundiais, Kristoffer Brun e Are Standli, da Noruega. Ao todo o país terá nove barcos em sete provas, sendo quatro Olímpicas e três Paralímpicas.

Está é a primeira vez que o Brasil inscreve três guarnições no Double Skiff PL, mesmo número de Hong Kong, e uma a mais que China, França e Alemanha. Os barcos estão formados com Emanuel Borges e Guilherme Gomes, do Botafogo, os gaúchos Evaldo Becker e Ronaldo Vargas, do União, e Diego Nazário (Botafogo) e Willian Giaretton (Flamengo), que competirão contra 27 conjuntos de 22 países.

A concorrência será grande também para Fabiana Beltrame e Beatriz Cardoso, que pela primeira vez disputam uma competição internacional no Double Skiff Peso-Leve feminino, após vencerem a prova pelo Flamengo na 3ª Regata do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro. Elas enfrentarão 21 barcos de 18 países, sendo três chineses e dois britânicos.

“É uma responsabilidade grande”, afirma Beatriz, de 19 anos. “Fabiana é muito focada e dedicada, isso é importante pra mim, aprendo com ela diariamente. Nós estamos confiantes e treinando bastante em busca de resultados positivos para o Brasil, é o nosso maior objetivo”, diz ela, que ficou em quinto lugar no Mundial Júnior do ano passado, na Lituânia, o melhor resultado do país na competição em 26 anos.

No Dois Sem masculino, Anderson Nocetti e Ailson Eráclito, do Botafogo, terão 17 rivais, sendo dois barcos alemães, dois britânicos e dois argentinos. No Quatro Sem Peso-Leve, Thiago Almeida (Flamengo), Celio Amorim (Botafogo), Marcos de Oliveira e Renato Cesar de Azevedo (ambos do Vasco) terão dez adversários na tentativa de pelo menos repetir o resultado da etapa de Eton no ano passado, quando o Brasil marcou seu único ponto na temporada, com a vitória na Final B (sétimo lugar).

A participação brasileira começa na quinta-feira à tarde, com presença em três eliminatórias das provas paralímpicas. A primeira a competir no Lago de Aiguebelette será Cláudia Santos, do Pinheiros (SP), no Single Skiff As (braços e ombros) feminino, seguida de Luciano Luna, do Bandeirantes (SP), no mesmo barco masculino. Josiane de Lima, do Aldo Luz (SC), e Michel Gomes Pessanha, do Flamengo, competirão no Double Skiff TA (tronco e braços) misto. As eliminatórias das provas olímpicas acontecem na sexta-feira de manhã, com repescagens à tarde; as semifinais serão no sábado e as finais A e B no domingo.

A Copa do Mundo de Remo é uma competição anual disputada desde 1997, com os barcos nacionais acumulando de um a oito pontos (do sétimo ao primeiro lugar) em cada prova das três etapas. A primeira deste ano foi na Austrália, em março, com vitória dos anfitriões, com 72 pontos contra 37 da Nova Zelândia. Atuais bicampeões, os britânicos não participaram da etapa de abertura da temporada 2014.

 

Site oficial da Copa do Mundo de Remo

 

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Internacional, Remo Paralímpico e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s