Uncas vai à Final B e gaúchos se despedem em 20º lugar

Alef e David despediram-se em 20º no Dois Sem (Foto: Igor Meijer/FISA)

Alef e David despediram-se em 20º no Dois Sem
(Foto: Igor Meijer/FISA)

A esperança de o Brasil voltar a disputar uma Final A masculina no Campeonato Mundial Júnior de remo ficou para 2015, no Rio de Janeiro. Uncas Tales terminou em sexto na semifinal A/B do Single Skiff, este sábado na Alemanha, e compete pelo sétimo lugar na Final B no domingo, às 10h33 (5h33 de Brasília). Na outra prova com brasileiros, Alef Fontoura e David Boeira despediram-se em segundo na Final D do Dois Sem, 20º no geral.

Uncas não repetiu o desempenho da véspera, quando se classificou com o tempo de 7m17s49, e atravessou a semifinal deste sábado na sexta posição, terminando em 7m34s78, mais de 14s após o russo Andrey Potapkin, que conseguiu a terceira vaga na Final A, em 7m20s35. A prova foi vencida pelo alemão Ole Naske (7m09s00), menos de meio segundo à frente do canadense Daniel de Groot (7m09s26), que chegou a liderar na passagem dos 1.500 metros.

Remador do Botafogo, Uncas ficou atrás do australiano Thomas Schramko (7m22s66) e do tunisiano Mohamed Taieb (7m28s68), que serão novamente seus adversários na despedida. Ele fez o 11º tempo entre os 12 semifinalistas, à frente apenas do búlgaro Rangel Katsarski, sexto na outra prova A/B, vencida pelo sul-africano Daniel Watkins (7m13s40), com o americano Davison Bejnamin (7m13s69) e o suíço Jacob Blankenberger (7m14s17) classificando-se à Final A. O francês Maxime Ducret (7m19s93) e o lituano Matas Lukosevicius (7m22s49) completam a Final B.

No Dois Sem, os gaúchos Alef e David ficaram em quinto (7m25s84) na semifinal C/D, disputada de manhã, e à tarde travaram um duelo à parte com os lituanos na Final D. Os atletas do União chegaram aos 1.000 metros na liderança, mas foram superados na segunda metade da prova, terminando em 6m49s01 (seu melhor tempo na competição), 1s17 atrás dos lituanos (6m47s84) e quase 7s à frente dos croatas (6m55s44), seguidos dos barcos de Egito (6m55s58), Estônia (6m58s33) e Geórgia (7m10s18).

A última vez em que o remo masculino brasileiro foi a uma Final A no Mundial Júnior foi com o sexto lugar de Cleber Ferraz, Alexandre Buckton e Carlos Sobrinho (timoneiro) no Dois Com, em 1987. Ano passado, a carioca Beatriz Cardoso ficou em quinto lugar no Single Skiff feminino, mesma posição de Ricardo Carvalho e Carlos Hime no Dois Sem masculino, em 1979, o melhor resultado do Brasil na competição – que em 2015 será disputada na Lagoa Rodrigo de Freitas, como evento preparatório para as Olimpíadas no Rio de Janeiro.

Campeão Pan-Americano Júnior em abril, no Uruguai, o mineiro Uncas segue direto para a China, onde a partir do dia 17 rema nos Jogos Olímpicos da Juventude, sua última competição internacional antes de completar 18 anos, em outubro. No próximo ano ele passa à categoria Sub-23, na qual ficou em 11º no Mundial disputado na Itália, no fim de julho, no Single Skiff Peso-Leve (até 72,5 kg).

 

Site oficial do Campeonato Mundial Júnior

 

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Internacional e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s