Nova geração do remo estreia no Mundial Sub-23

Victor e Vinícius: Dois Sem do Pan para o Mundial (Foto: CBR/Facebook)

Victor e Vinícius: Dois Sem do Pan para o Mundial
(Foto: CBR/Facebook)

Do Canadá para a Bulgária, com intervalo de dez dias entre duas provas internacionais. Esse foi o roteiro dos seis atletas brasileiros que disputam esta semana o Campeonato Mundial Sub-23 de Remo, na cidade búlgara de Plovdiv, após participarem dos Jogos Pan-Americanos, em Toronto. É a primeira vez que o Brasil tem três barcos na principal competição internacional para atletas com menos de 23 anos, na qual os melhores resultados do país são as medalhas de prata e bronze de Aílson Eráclito no Single Skiff Masculino, em 2009 e 2010, respectivamente.

Integrantes do Quatro Sem Peso-Leve que se despediu do Pan-Americanos na repescagem, dia 12, Guilherme Gomes e David Faria são os primeiros a estrear, no Dois Sem Peso-Leve Masculino. Medalha de prata na prova no Sul-Americano Sub-23, em abril, eles remam às 17h05 desta quarta-feira (11h05 no horário de Brasília), contra americanos, gregos, britânicos e noruegueses, por três vagas diretas nas semifinais A/B da prova, que tem 14 países inscritos.

Bronze no Sul-Americano e barco masculino brasileiro mais bem colocado em Toronto, com o quarto lugar na Final A, Victor Ruzicki e Vinícius Delazeri estreiam no Dois Sem Masculino às 9h50 (3h50) de quinta-feira, enfrentando austríacos, australianos e alemães, também por três vagas diretas. No mesmo dia, às 12h20 (6h20), Sophia Câmara e Caroline Corado remam o Double Skiff Peso-Leve Feminino. Quinto lugar no Pan, a dupla feminina brasileira disputa duas vagas nas semifinais, contra guarnições de Espanha, Austrália, Polônia, Grécia e Bulgária.

Considerada por muitos a raia mais rápida do mundo, Plovdiv recebe 820 atletas de 51 países em 21 provas até domingo. A disputa com mais concorrentes é no Double Skiff Peso-Leve Masculino, com 28 inscritos, dos quais apenas um remanescente da Final A em 2014 – os tchecos Martin Slavik e Jiri Simanek, que ficaram em sexto lugar em Varese. A Alemanha é o único país presente em todas as provas, uma a mais que os Estados Unidos, vice-campeões ano passado, atrás da Nova Zelândia.

Os brasileiros são todos estreantes na competição. Vice-campeã sul-americana no Single Skiff Peso-Leve, Sophia é a única nascida em 1996, tendo feito 19 anos em março. Os outros são de 1995, faltando apenas Victor completar 20 anos, em agosto.

Em 2014, o país foi representado por Augusto Muehlenberg e Tiago Braga, no Double Skiff (em 20º lugar), e Uncas Tales, que ficou em 5º na Final B, antes de seguir para o Mundial Júnior e os Jogos Olímpicos da Juventude. Às vésperas de fazer 19 anos, em outubro, Uncas se recupera de uma cirurgia e só recentemente voltou a treinar.

Lista de partida de quarta-feira
Lista de partida de quinta-feira
Site oficial

Confira todas as participações do Brasil no Mundial Sub-23

 

© Remo em Voga ®
Anúncios

Sobre remoemvoga

Notícias e vídeos sobre o remo brasileiro e competições internacionais
Esse post foi publicado em Remo Internacional e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s